Make your own free website on Tripod.com
JSD - Núcleo Litoral do Porto
Início
Próximas actividades
Notícias
Ser militante da JSD
O que é o Núcleo Litoral do Porto da JSD?
Quem somos
Autarcas da JSD
Contacta-nos
Votações (NOVO)
Links
Ciclo de Conferências-Debate
Textos e documentos
Humor :)
Jogos
Temos um novo Porto?

Com Rui Rio temos um novo Porto?

 

Volvidos 2 anos e 3 meses sobre a tomada de posse do executivo da Câmara Municipal do Porto, podemos, pela 1ª vez depois de muitos e longos anos, estar orgulhosos pela forma responsável como um companheiro nosso do PPD/PSD tem demonstrado o que é fazer política! Refiro-me obviamente ao Presidente da Edilidade Portuense – Dr. Rui Rio.

 

Em tempos de restrições financeiras e de asfixia económica no País, é possível verificar que o Dr. Rui Rio, com o executivo que lhe é possível ter (note-se: a dependência da coligação à esquerda), vai provando porque se assumiu como o candidato da mudança, em Dezembro de 2001. Mudança de postura pública, mudança de objectivos políticos, mudança na gestão das prioridades, mudança na gestão dos recursos, mudança na forma de encarar a missão de representação, mudança na visibilidade da Cidade, mudança na relação com os agentes de comunicação social, enfim, mudança para a Cidade!

 

Sei que será muito difícil, para alguns (muito poucos) perceberem este sentimento de orgulho pelo feito alcançado, pois mais não desejariam do que precisamente o contrário. Mas, enganam-se aqueles que vêem a missão do Presidente da Câmara como um simples exercício de show-off político e de périplo inaugurativo. Mais se enganam aqueles que desejariam um líder da JSD do contra, por estar do contra, tal e qual sucede com toda a oposição autárquica!

 

O Dr. Rui Rio tem revolucionado a macro-estrutura da 2ª maior Câmara do País e preparado a mesma para a sua genuína missão: o serviço público à Cidade. Por isso, desde o início do mandato da Comissão Política Concelhia que tenho a honra de presidir, tenho insistido na ideia de que o Dr. Rui Rio é o melhor Presidente de Câmara a prestar verdadeiro serviço público e o primeiro a preparar o Porto para ser uma Cidade de (e com) futuro!

 

No âmbito desta análise, e atento ao sentido construtivo da mesma, é claro que nem tudo tem corrido como se desejaría. Muitas dificuldades circunstanciais têm surgido a este executivo que, infelizmente, não as tem sabido capitalizar na vertente da comunicação. Esta sim tem sido, na minha opinião, a grande dificuldade da Câmara Municipal do Porto. Publicitar o porquê de muita coisa estar mal, sem preconceito algum, denunciando firme e detalhadamente os responsáveis pelo estado de sítio a que alguns serviços camarários chegaram na anterior gestão autárquica. Identificar os responsáveis por autênticos atentados à Cidade, como é exemplo o “circo” do urbanismo. E, para haver “circo” tem que haver “palhaços”. E estes não podem ficar escondidos atrás do pano a ver o “circo” a arder. Quando assim é, tem que se lhes tirar a máscara para vermos afinal quem eles são! É esta realidade que torna urgente, para o Porto, eliminar, de uma vez por todas, a “trupe” de “palhaços” que por ai mendigam pelo poder!

 

A história é prova cabal de que o Povo do Porto é justo, honesto e consciente nas suas análises e opções políticas. As próximas eleições autárquicas serão disso exemplo. É por isso que não hesito em afirmar que o próximo mandato da Câmara Municipal do Porto será ganho com toda a justiça pelo companheiro Rui Rio. Por isso, nada tema, Senhor Presidente! O Porto precisa de si!

 

Pedro Salvador

19/04/2004