Make your own free website on Tripod.com
JSD - Núcleo Litoral do Porto
Início
Próximas actividades
Notícias
Ser militante da JSD
O que é o Núcleo Litoral do Porto da JSD?
Quem somos
Autarcas da JSD
Contacta-nos
Votações (NOVO)
Links
Ciclo de Conferências-Debate
Textos e documentos
Humor :)
Jogos
Entrevista com o Presidente da Junta da Foz

Dr. José Pinto Ferreira 

 

As últimas eleições autárquicas foram há quase 3 anos. Desde então, que balanço faz da acção da Junta de Freguesia que lidera?

R: Foram tempos de muito trabalho, de grande intervenção cívica, designadamente no que diz respeito à defesa do património arquitectónico da Freguesia (tendo-se conseguido a classificação da Zona da Foz Velha, agora qualificada como Zona Histórica no PDM). Nessa contexto, indeferiu-se um projecto que aniquilava a Foz Velha e particularmente a Quinta do Monte, mediante prévia audição da Junta de Freguesia. Fez-se um enorme trabalho com a Câmara, seja no que diz respeito ao apoio às Associações, atribuição de habitação a quem dela carecia (20 famílias alojadas, o que não sucedida em tão larga escala desde o 25 de Abril de 1974), cedência do edifício da escola 85 para instalação da Junta de Freguesia, alterações de trânsito, etc.

 

 

Como avalia a oposição na Freguesia?

R: No início do mandato um pouco “perturbada” e, mais recentemente, sem criar obstáculos, desde logo pela impossibilidade numérica.

 

 

E como avalia o desempenho do membro da Assembleia de Freguesia da JSD?

R: É a única voz jovem que ali se ouve. Os demais Partidos Políticos, se ali têm representantes a esse nível, não se nota.

 

 

Como tem sido o relacionamento com a Câmara Municipal do Porto?

R: Conforme consta da resposta à primeira questão, tem havido um trabalho profíquo, designadamente com os Vereadores do PSD.

Ainda vamos assistir a mais alguns frutos dessa boa colaboração.

 

 

Qual o balanço que faz da acção da Câmara Municipal do Porto nos últimos 3 anos?

R: O balanço é extremamente positivo para a Foz do Douro. A filosofia, em termos urbanísticos, coincide com a nossa. Temos sido ouvidos relativamente a alguns projectos. O Br. Rainha D. Leonor, para além de não ser demolido, entrou em obra. A Câmara tem-se feito representar em iniciativas da Junta de Freguesia e, para além disso, tem feito parcerias com as Juntas em diversos projectos. Nota positiva, pois.

 

 

Que projectos tem para o futuro da Freguesia?

R: Gostaria de ver a Foz Velha recuperada, a Av. Nun’Alvares construída, o saneamento básico concluído, a zona da Marginal totalmente arranjada, com os Molhes bem enquadrados, os arruamentos melhorados e a Sede da Junta concluída, os Jardins arranjados e as Praias limpas.

Já me dava por muito satisfeito se tudo isto ocorresse nos próximos tempos.

 

 

Que mensagem gostaria de deixar aos jovens da Freguesia?

R: Neste momento conturbado, em que se pretende por em causa a qualidade dos nossos políticos – se calhar com algumas razões – devemos, todos, fazer um esforço para dignificarmos a função política, chamando ao exercício de funções pessoas honestas (como o Rui Rio), papel que também cabe à juventude, desde logo atenta a sua consciência crítica.

Uma palavra de esperança, portanto, para todos os jovens, desafiando-os a participar nos mais diversos fóruns.